segunda-feira, novembro 19, 2007

Procuram-se na Memória..



... conhecimentos adquiridos há muito tempo atrás.

Depois de longos anos de esquecimento... Finalmente já tenho Guitarra Arranjada!

8 comentários:

Lita disse...

UAU!!!!

Eu também arranhava qualquer coisa, mas como tu, ficou para trás, esquecido na memória. Pode ser que nos juntemos para arranhar em conjunto...lol

Primeiro pensamos em alguém de quem não gostamos, depois vamos as duas para a porta dessa pessoa tocar! Há-de ser bonito!;)

Neptuna disse...

LOL!

oh.. isso é que era! começar por deixar alguém doente do ouvido com aquilo que se toca bem mal. nisso sou mais que boa! LOL! parece-me bem divertido! uma garrafa de vinho a acompanhar essa experiência?

Lita disse...

Monte Velho? Tinto?
:)

Neptuna disse...

hum.. cortes de cima? tinto? .. estou viciada nesse vinho.. é bom... é alentejano.. e das castas Syrah, Aragonês, Trincadeira e Touriga Nacional... maravilha...

Lita disse...

OLha, uma de cada, então. Também, para arranhar violas não é preciso estar-se muito sóbrio.

Neptuna disse...

:D

sim, pode ser uma de cada. eu acho que nós no fundo.. não estamos viradas para arranhar violas.. nós estamos numa é de virar copos de vinho..

Tiago Miranda disse...

Fala-se de guitarras e de vinhos! Então permitam-me a intromissão. Eu próprio arranho umas coisas e adoro os momentos de paz que consigo com a guitarra. Arranho mal mas arranho para mim! Se precisarem de mais um podemos ir cantar as Janeiras.

Quanto ao vinho permitam-me concordar com a Neptuna: Cortes de Cima de facto é fabuloso. E se fôr reserva? Nem queiram saber...

beijos.

Tiago.

Neptuna disse...

:D

cantar as janeiras? ... nada mal pensado. só há um senão... demasiado frio, temos que aquecer um pouco com um bocadito de vinho. :P e isso poderá influenciar a performance da guitarrada..

Ainda não experimentei o reserva de cortes de cima. é uma boa dica!

beijinhos!